Print This Page

Comunidade Santa Terezinha

Bairro Santa Terezinha
Dia do Padroeiro: 10 de outubro
Data de fundação: 24/10/1987

Na região da antiga rua Brusque, hoje bairro Santa Terezinha, a comunidade desde o início dos primórdios do seu povoamento era na maioria constituída por famílias de católicos. Há muito tempo havia a necessidade de uma assistência espiritual na localidade. Os moradores se deslocavam à igreja matriz São Pedro Apóstolo para suas práticas religiosas. Com o desenvolvimento e o constante crescimento da região, a presença de um centro comunitário se fazia necessário para atender as carências locais.

Em 1987, um grupo de líderes, constituído de pais de famílias, um padre e religiosas se reuniam na Escola Zenaide Schmitt Costa, para discutirem problemas relativos a sua comunidade. Após discussões, debates das suas carências, anseios e necessidades, chegou-se a uma conclusão. Naquele momento decidiu-se que a catequese era um ponto de partida para iniciar um trabalho que envolveria a todos de forma indireta.

A catequese vinha sendo ministrada, inicialmente, nas residências, de determinadas famílias que se viam absorvidas por um trabalho que poderia ter uma abrangência e ser mais produtiva.

Passou-se, então, para uma segunda etapa que, deixou de ser um processo residencial para atingir a escola Zenaide. Na respectiva data, formou-se a primeira diretoria da Comunidade Santa Terezinha.

Após todo o entusiasmo e preparo de algumas pessoas, em agosto deste mesmo ano iniciou-se o culto dominical. O qual era celebrado por ministros da localidade na escola. Durante este primeiro ano de trabalho, priorizou-se a Liturgia e a Catequese, que seriam a primeira e melhor forma para unir as pessoas juntamente com a diretoria.

Em julho de 1988, houve as missões, a cidade inteira foi visitada por mais de sessenta missionários franciscanos. No bairro Santa Terezinha, instalaram-se cinco deles. Estes visitavam as famílias, e se reuniam com as lideranças na escola ou na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Além das orações, despertou-se o interesse por formar pastorais. A partir destes encontros formaram-se a Pastoral da Saúde, Círculo Bíblico (grupo de reflexão), encontros de idosos e grupo de jovens.

No dia 1º de julho de 1988, a diretoria da comunidade reuniu-se na Escola Básica Zenaide Schmitt Costa, para discutir a compra de dois terrenos em frente a mesma, onde seria instalado o primeiro centro comunitário do bairro.

A primeira festa da Padroeira com a presença dos festeiros foi no dia 29 de outubro de 1989, a missa foi celebrada pelo Frei José Lino.