Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Artigos e reflexões › 24/02/2020

Por que São Pedro segura chaves?

As chaves são os objetos que identificam São Pedro na arte cristã. Isso se aplica tanto às pinturas que representam o primeiro papa quanto às estátuas.

Mas por que chaves?

Antes de tudo, São Pedro é representado visualmente com chaves em referência às seguintes palavras de Jesus:

“Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus” (Mateus 16:19).

Jesus dirige essas palavras a São Pedro, concedendo-lhe uma autoridade especial para liderar a Igreja depois que ele ascende ao céu.

Mas essa não é a primeira vez que as chaves são mencionadas na Bíblia; esse elemento simbólico aparece no livro de Isaías:

“Porei sobre seus ombros a chave da casa de Davi; se ele abrir, ninguém fechará, se fechar, ninguém abrirá” (Isaías 22,22).

Thomas Smith explica, em uma reflexão para a Ascension Press, que: “Em Isaías 22, descobrimos que uma das tarefas do primeiro ministro do Reino davídico é carregar as chaves, símbolos de autoridade sobre a casa de Davi. Essa mordomia sagrada permitiu ao vigário do rei de Judá abrir o que os outros haviam fechado e fechar o que havia sido aberto.”

Jesus usa essas imagens de maneira deliberada, concedendo a São Pedro uma autoridade específica sobre sua Igreja.

A Enciclopédia Católica resume tudo o que “o poder das chaves” implica:

“- o poder da ordem, ou seja, o poder exercido em relação ao sacrifício e sacramento,
– o poder da jurisdição, e
– o poder de definir em questões de fé e moral.”

Os artistas também tiveram suas próprias intenções com o retrato das chaves, visualizando sua própria interpretação da promessa de Jesus a São Pedro, conforme descrito por Elizabeth Goldsmith em seu livro Sacred Symbols in Art (“Símbolos Sagrados na Arte”):

“Somente no século VIII as chaves se tornam seu símbolo peculiar. Às vezes, ele [São Pedro] tem uma grande chave, mas geralmente ele carrega duas chaves, uma de ouro e outra de prata – para absolver e amarrar – ou, de acordo com outra interpretação, uma é de ouro para os portões do céu, a outra de ferro para os portões do inferno. A lenda que torna São Pedro o guardião do portão do Paraíso, com poder de conceder ou recusar a admissão, teve sua origem na entrega das chaves a ele.”

Enfim, as chaves continuam sendo um símbolo muito importante, não apenas para São Pedro, mas também para seu sucessor, o papa, bem como para o Vaticano, onde o papa reside.

*Retirado em Aleteia.

X