Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Artigos e reflexões › 06/03/2020

Por que cuidar do corpo faz bem para a alma?

Você sabia que seu corpo foi criado bom, santo e bonito por Deus? Não foi por acaso que Deus criou os seres humanos de uma maneira “corporal”. Na realidade, “Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher” (Gênesis 1,27).

Isso significa que nossos corpos não são de alguma forma contaminados, sujos ou maus, mas pretendem refletir a beleza e a glória de Deus!

O Catecismo da Igreja Católica explica:

“O corpo humano compartilha da dignidade da ‘imagem de Deus’: é um corpo humano exatamente porque é animado por uma alma espiritual e é toda a pessoa humana que se destina a tornar-se, no corpo de Cristo, um templo do Espírito ”(CCC 364).

No entanto, vivendo em um mundo caído, nem sempre é fácil refletir a imagem de Deus através de nossos corpos. Muitas vezes esquecemos que o que fazemos com nossos corpos tem um impacto direto em nossa alma.

O Catecismo continua:

“O homem, embora seja de corpo e alma, é uma unidade. Através de sua própria condição corporal, ele resume em si os elementos do mundo material. Por meio dele, eles são trazidos à sua perfeição mais alta e podem elevar sua voz em louvor dado livremente ao Criador. Por essa razão, o homem não pode desprezar sua vida corporal. Antes, ele é obrigado a considerar seu corpo como bom e a honrá-lo, pois Deus o criou e o ressuscitará no último dia ”(CCC 364).

Essa unidade é profunda, mas é tentador em nosso mundo valorizar um ao outro, desprezar nosso corpo e, em vez disso, elevar nossa alma (ou desprezar nossa alma e elevar nosso corpo).

Em vez disso, o caminho para a união espiritual com Deus é respeitar e valorizar nosso corpo e nossa alma, vendo-os como parte da maravilhosa criação de Deus.

São Paulo escreveu em sua Primeira Carta aos Coríntios:

“Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habi­ta em vós, o qual recebes­tes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis? Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo”  (1 Coríntios 6, 19-20).

Então, se queremos crescer em nossas vidas espirituais, um dos primeiros passos é reconhecer essa verdade fundamental. Podemos então começar a ver nossas vidas através de uma nova lente, uma que reconhece que tudo o que fazemos com nosso corpo (através da fala, gestos, ações etc.) afeta nossa alma.

X