Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Notícias › 06/07/2016

“Não foi uma Festa, foi um Festão”

alto_festa_2

Moacir Beggo

 Gaspar (SC) – “Essa Festa superou todas as nossas expectativas. Não foi apenas uma Festa, mas um Festão”. Foi com esse sentimento de alegria e gratidão que o pároco Frei Paulijacson de Moura presidiu a Celebração Eucarística em Ação de Graças pela 166ª edição da Festa de São Pedro Apóstolo, na segunda-feira, 4 de julho, às 19 horas.

Frei Paulijacson teve como concelebrantes Frei Evaristo Spengler e Frei Carlos Ignacia e especialmente as pessoas que trabalharam e se dedicaram por esta Festa, a quem o pároco não se cansou de agradecer durante a celebração e no Salão Cristo Rei, onde todos se reuniram para um jantar de confraternização.

Na sua homilia, ao fazer o agradecimento, Frei Paulijacson lembrou São Pedro nos Atos dos Apóstolos (3,6): ‘Não tenho nem ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo’. “A nossa Festa não teria razão de existir se ela não proporcionasse às pessoas, a nós que participamos dela, o encontro  pessoal com Jesus. Não somos promotores de festas, não somos especializados em eventos; nós fazemos a festa por uma razão maior: Jesus Cristo. Não podemos esquecer isso nunca em nossa caminhada de fé”, ressalvou o pároco.

“Se essa festa proporcionou um encontro com Deus, se as pessoas e se nós sentimos o amor de Deus nos tocando e, nós tocando em Deus, então ela correspondeu às  expectativas e atingiu o seu objetivo que era fazer um encontro com Jesus, com Deus”, continuou enfatizando.

alto_festa

“Com estas palavras de São Pedro, que é um servo dos servos, agradeço de coração alegre e feliz, em nome do Conselho Pastoral da Matriz, aos coordenadores das comunidades, a cada coordenador de cada setor – não vou citar nomes para não esquecer alguns”, frisou dirigindo a todos os que trabalharam e que participaram deste evento religioso.

“Agradecemos a Deus, a São Pedro, pois não choveu durante a semana, aos doadores da festa e a todos as pessoas envolvidas na organização e no planejamento e a todos que participaram da festa. Entre tantos momentos maravilhosos, destaco a presença de Dom Rafael, do bispo eleito Frei Evaristo, de Frei João Fernandes Reinert, nosso pregador do Tríduo, o nosso querido Frei José Bertoldi e Frei Lindolfo Jasper. Sem eles, isso não seria possível. Gostaria de destacar os nossos irmãos surdos na celebração solene. A Missa solene foi interpretada para eles. Enfim, essa Festa superou todas as nossas expectativas, em todos os setores. Não foi apenas uma festa, mas um festão”, enfatizou, mais uma vez ressaltando: “Foi um sucesso total, graças a Deus e ao esforço e dedicação de cada um de vocês. Tudo isso é fruto de nossos queridos paroquianos gasparenses, e expressão de uma Paróquia, com suas comunidades, muito viva e entusiasmada. Isso porque têm o seu maior tesouro e patrimônio: Jesus Cristo”, completou. O coordenador Nivaldo  Schmitz também fez agradecimentos em nome do CPC.

No final da celebração, Frei Paulijacson ainda voltou a fazer novos agradecimentos e chamou todos os coordenadores à frente do altar. Por último, ainda chamou as pessoas que trabalharam na festa para uma foto oficial. A Festa terminou como começou: numa grande confraternização e partilha.

VEJA MAIS IMAGENS DESTA CONFRATERNIZAÇÃO

X