Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Artigos e reflexões › 03/07/2020

Mãe sobre bebê resgatado de escombros após ciclone bomba em SC: “Foi milagre”

Entre os muitos e graves danos materiais provocados pelo ciclone bomba que varreu o Sul do Brasil nesta semana e matou pelo menos dez pessoas, a maioria delas atingidas por desabamentos de estruturas e quedas de árvores, uma casa no Sul da Ilha de Florianópolis sofreu um drama adicional que, felizmente, terminou bem: Caleb, um menino de 1 ano e meio, foi resgatado só com leves arranhões depois de ficar preso entre galhos pesados, tijolos, telhas e vigas.

Por volta das 16h, sob a fúria da tempestade, uma árvore caiu sobre a residência em que estavam o menino, seu irmão de 3 anos, o pai e a mãe, que está grávida de 7 meses. Valentina Aldana Lapaz relata:

“Meu marido me puxou junto com o mais velho. Na hora que olhei, a última imagem foi dele sentadinho no sofá olhando para mim e não vi mais nada, só vigas e galhos em cima dele. Foi um milagre! Poderia ser uma catástrofe”.

De fato, o susto se tornou desespero nos instantes seguintes, já que eles não encontravam o bebê. A família conseguiu sair do meio dos galhos e dos escombros, mas o pequeno não aparecia. Vizinhos correram para ajudar. Entre eles, um tio da criança, que saltou por entre os galhos em direção do sofá onde as crianças estavam antes da queda da árvore. O medo aumentava porque Caleb não respondia aos chamados. Ele só começou a chorar quando viu o tio se aproximando para procurá-lo.

“Vi que ele estava bem, que ele olhou para mim. Tirei os tijolos e a viga enorme que tinha em cima dele. Foi por Deus mesmo!”

O pai, o tio e outro vizinho conseguiram retirar as vigas e resgatar Caleb, que sofreu arranhões leves na perna e na cabeça. O restante família não se machucou.

Mais de 100 municípios de todas as regiões de Santa Catarina foram atingidos pelo ciclone bomba. A companhia estadual de energia elétrica informou que, em toda a sua história, jamais tinha enfrentado uma situação em que cerca de metade de todas as residências do Estado ficassem simultaneamente sem luz.

X