Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Artigos e reflexões › 24/07/2020

Jesus vai me perdoar?

Quando fazemos uma escolha errada e cometemos um pecado grave, é tentador pensar que Jesus nunca nos perdoaria. Podemos dizer a nós mesmos: “Como Jesus poderá perdoar um pecador tão terrível como eu?”

A boa notícia é que Jesus está sempre lá para nós, pronto e esperando que retornemos a Ele com um coração contrito.

Isso é expresso na história do filho pródigo, onde o pai voluntariamente abraça seu filho rebelde.

Levantou-se, pois, e foi ter com seu pai. Estava ainda longe, quando seu pai o viu e, movido de compaixão, correu-lhe ao encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. (Lucas 15, 20)

De fato, Jesus não apenas está esperando por nós, como também busca por nós! Isso é claramente mostrado na história do Evangelho sobre o pastor que sai em busca das ovelhas perdidas.

Um homem possui cem ovelhas: uma delas se desgarra. Não deixa ele as noventa e nove na montanha, para ir buscar aquela que se desgarrou? E se a encontra, sente mais júbilo do que pelas noventa e nove que não se desgarraram. Assim é a vontade de vosso Pai celeste, que não se perca um só destes pequeninos. (Mateus 18, 12-14)

A misericórdia de Jesus não tem limites, como o Catecismo da Igreja Católica proclama claramente: Não há limites para a misericórdia de Deus. (CIC 1864)

Ao mesmo tempo, também devemos aceitar o amor de Jesus em nossos corações e aceitar sua misericórdia.

Quem recusa deliberadamente receber a misericórdia de Deus, pelo arrependimento, rejeita o perdão dos seus pecados e a salvação oferecida pelo Espírito Santo. Tal endurecimento pode levar à impenitência final e à perdição eterna. (CIC 1864)

No Novo Testamento, João fala em sua primeira carta sobre essa realidade, explicando como Jesus certamente nos perdoará, mas que devemos aceitar esse perdão.

Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, (Deus aí está) fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade. Se pensamos não ter pecado, nós o declaramos mentiroso e a sua palavra não está em nós. (1 João 1, 7-10)

Então, respondendo à pergunta do título deste artigo: “Jesus me perdoará?” Sim!

Vá se confessar, despeje seu coração em Deus através do ministro Dele, o sacerdote, e aceite a misericórdia de Jesus.

X