Paróquia São Pedro Apóstolo - Gaspar, SC

Artigos e reflexões › 17/04/2019

3 dicas para nutrir seu casamento diariamente

O casamento é uma coisa maravilhosa, mas não é um objeto estático como uma bela imagem que podemos pendurar na parede para apreciar sem precisar de mais trabalho. O casamento é mais como uma coisa viva; se você não mantê-lo nutrido e saudável, acabará por murchar. No entanto, nutrir seu relacionamento conjugal não precisa ser complicado. Aqui estão três maneiras simples de fazer isso todos os dias:

Passe tempo juntos na cama – e não apenas pela sexualidade

O contato físico é vital, mas não significa apenas sexo. É bom ter intimidade física de outras formas. Dormir nos braços um do outro sem maiores expectativas pode ajudar a estabelecer um vínculo forte. É uma expressão mútua de amor que ajuda a alimentar outras dimensões do relacionamento. Pode ajudar um casal a crescer em empatia e paciência.

E também há apenas o bom e velho sono. Estudos mostram que ter uma boa noite de sono pode aumentar seu desejo sexual. A falta de sono interrompe nossos hormônios e diminui nossa testosterona, que é crucial para o desejo sexual entre homens e mulheres. Casais que dormem menos de 7 horas por noite são mais propensos a ter discussões e vivenciar mais conflitos em seu relacionamento.

Além disso, dormir juntos em momentos semelhantes ajuda o casal a ter um relacionamento melhor. Casais cujos padrões de sono são muito diferentes relatam ter mais brigas, passar menos tempo fazendo atividades compartilhadas e têm relações sexuais com menos frequência do que aqueles que compartilham o mesmo horário de sono.

Enfrente situações difíceis e desconfortáveis ​​com honestidade e transparência

Nenhum de nós gosta de se abrir sobre situações desconfortáveis ​​ou embaraçosas com nosso cônjuge, mas pode ser realmente benéfico para o nosso relacionamento.

Quando há intimidade, há vulnerabilidade. Se queremos um relacionamento saudável com uma boa comunicação, temos que ser corajosos o suficiente para mostrar nossas fraquezas ao nosso cônjuge. Isso geralmente significa deixar nossas zonas de conforto, falar sobre coisas que são importantes para nós, expressar como nos sentimos e reconhecer nossas próprias limitações.

Abrir-se sobre uma experiência dolorosa do nosso passado, revelar algo que nunca dissemos a ninguém ou reconhecer nossos erros com humildade pode ser um passo importante no desenvolvimento de nosso relacionamento. Isso fortalece a confiança, torna a cura possível, pode nos ajudar a lidar com algo que é difícil para nós, ou simplesmente nos ajuda a nos conhecermos, para que possamos nos ajudar e saber o que esperar um do outro.

Compartilhar tarefas domésticas juntas

Nem tudo o que fazemos juntos tem que ser algo que gostamos de fazer. Quando há tarefas diárias que podem ser árduas para um de nós, organizar para fazer isso juntos como casal pode transformá-las em algo menos incômodo e criar um sentimento de trabalho em equipe.

Estabelecer objetivos compartilhados e ajudar um ao outro a alcançar algo que melhore o bem-estar de toda a família pode ajudar a fortalecer a base de nosso relacionamento, além de nos dar a satisfação de ver nossa casa limpa e organizada. Também favorece um senso de igualdade na dinâmica de nosso relacionamento: ambos os cônjuges estão contribuindo ativamente para isso.

Se fizermos as tarefas domésticas regularmente, com constância, elas pode se tornar parte de nossa rotina. As rotinas nos ajudam a estabelecer valores, interesses e prioridades compartilhadas. Isso mostra que ambos os cônjuges estão interessados ​​em criar um presente e um futuro compartilhado. Por que não aprender a gostar disso?

Ou seja, compartilhar tempo e atividades

Estas são apenas três aplicações concretas de princípios mais gerais. Se queremos um casamento forte, precisamos compartilhar tempo e atividades juntos, cuidar da saúde de nós mesmos e dos outros, reconhecer nossos pontos fortes e fracos com empatia e humildade, nos comunicar sobre nossas necessidades e ideais, procurar reforçar nossa base comum, e contribuir para o relacionamento (cada um à sua maneira e dentro do possível, de acordo com as circunstâncias particulares). Quer estejamos na cama, trabalhando em casa ou conversando sobre dificuldades em nossas vidas, manter esses princípios pode transformar tais momentos em experiências que nos ligam mais profundamente e nutrem nosso casamento.

 

Via Aleteia
X